Sem avanço por Rithely, Inter encaminha elenco com 32 atletas para início do ano

Colorado vê tratativa com Sport estagnada e deve conduzir primeiros compromissos do ano com o grupo atual, salvo saídas e negócios de ocasião

Inter deu sua última cartada por Rithely há uma semana, ao apresentar ao Sport uma proposta derradeira para contratar o volante por empréstimo até o final do ano. Mas a investida colorada não surtiu o efeito desejado – ao menos até agora. Sem avanço para selar a longa negociação pelo atleta e enfim anunciá-lo como reforço para 2018, o Colorado praticamente fecha o elenco para disputar os compromissos deste início de ano. Um negócio de ocasião, no entanto, não será descartado caso surja como “diferencial” ao grupo de Odair Hellmann.

Apesar do desejo antigo, nutrido desde 2014, e da persistência para concretizar uma tratativa iniciada ainda em dezembro passado, a negativa não causa alarme ou preocupação à diretoria colorada. Mesmo antes de fazer a investida final por Rithely, os dirigentes já tinham a convicção de que a urgência por reforços para a posição já havia sido sanada.

Os dirigentes iniciaram o processo de montagem do elenco para 2018 com foco em solucionar carências diagnosticadas ao longo da Série B. Uma delas foi a ausência de uma peça de reposição a Edenílson no meio-campo – uma motivação semelhante fez o clube investir em Roger para disputar posição com Leandro Damião ainda durante a disputa da Segunda Divisão.

Assim, o Inter vasculhou o mercado para assegurar a contratação de dois volantes: Gabriel Dias, destaque do Paraná na campanha do acesso à Série A, e Patrick, que defendeu o Sport no segundo semestre. Há o entendimento de que a dupla – o ex-Leão em especial – já supre a necessidade do setor, que conta ainda com Fabinho e Charles como opções de Odair Hellmann, além de Edenílson e Rodrigo Dourado.

Ao todo, os dirigentes asseguraram 10 caras novas para completar o grupo para o ano de retorno à elite nacional, que também teve alguma baixas, como os atacantes Eduardo Sasha e Carlos, o zagueiro Léo Ortiz e os laterais Carlinhos e Alemão. O Colorado apresentou mais quatro reforços: os laterais Dudu e Ruan e os atacantes Roger e Wellington Silva. A diretoria ainda reintegrou o zagueiro Paulão e o atacante Marcinho, que defenderam Vasco e Brasil de Pelotas por empréstimo em 2017, e promoveu da base os garotos Ronald e Fernandinho.

Entre saídas e chegadas, o Inter inicia o ano com 32 atletas em seu elenco (confira abaixo). Com o time base definido por Odair, a diretoria monitora o mercado em busca de atletas que possam contribuir atribuindo diferenciais ao elenco, mas sem investir pesado em nomes de impacto.

> O grupo do Inter para começar o ano:

  • Goleiros:Daniel, Danilo Fernandes, Keiller e Marcelo Lomba
  • Laterais:Cláudio Winck, Dudu, Iago, Ruan e Uendel
  • Zagueiros:Danilo Silva, Ernando, Klaus, Paulão, Thales e Cuesta
  • Volantes:Charles, Edenílson, Fabinho, Gabriel Dias, Patrick e Rodrigo Dourado
  • Meias:Camilo, D’Alessandro, Fernandinho e Juan
  • Atacantes:Leandro Damião, Marcinho, Nico López, Roger, Ronald, Wellington Silva e William Pottker

O Inter fez um primeiro contato com o Sport por Rithely ainda em dezembro. A ideia inicial do Sport era envolver Eduardo Sasha na negociação, algo descartado logo de cara, devido a uma tratativa entre o atacante e o Fluminense, que também não se concretizou. Sasha saiu por empréstimo ao Santos.

Em um segundo momento, o Sport chegou a acenar positivamente com a transferência de Anselmo e Léo Ortiz, mas passou a exigir uma compensação financeira para ceder o atleta em definitivo, por quatro temporadas. O Colorado decidiu, então, repassar a dupla de atletas ao Leão sem receber o jogador em troca e tratou o negócio de forma separada.

Uma dívida do Leão com Rithely e seu representante, porém, travou as tratativas, retomadas agora com a proposta por empréstimo. Como cedeu Ortiz e Anselmo ao clube pernambucano, o Inter tem prioridade em uma eventual negociação por Rithely.

Clube já tem dois reforços assegurados para o meio do ano

O Inter fecha o primeiro ciclo de contratações com seis nomes anunciados como reforços imediatos para a temporada, já à disposição de Odair nos treinamentos. Mas o clube também já se movimentou no mercado para assegurar dois nomes que só desembarcarão em Porto Alegre a partir de julho, graças a pré-contratos firmados recentemente.

O primeiro atleta a firmar vínculo com o Colorado foi Martín Sarrafiore, destaque do time sub-20 do Huracán, da Argentina. O meia chamou atenção da diretoria colorada após brilhar na Copa Ipiranga da categoria. Assim, o clube aproveitou a proximidade do fim do vínculo com a equipe argentina para assegurar a contratação. O negócio, aliás, causou polêmica com os argentinos, que nutriam a esperança de renovar o contrato com sua joia.

Rodrigo Moledo, que defende o Panathinaikos, da Grécia, é outro que desembarcará em Porto Alegre na metade do ano. O zagueiro firmou um pré-contrato com vínculo de três temporadas com o Colorado.